• Sergio Benchimol

Óculos escuros: como escolher os seus e outras dúvidas frequentes



Por que precisamos de óculos escuros?

Você sai com óculos de sol nos dias nublados?

Quais os critérios que você usa na hora de escolher os seus?

Para responder essas e outras dúvidas frequentes em relação a este tema – tão importante, mas, muitas vezes negligenciado – a Clínica Benchimol resolveu fazer este artigo.

Continue aqui com a gente e saiba melhor como proteger sua vista com esses acessórios no dia a dia.


8 dúvidas frequentes sobre óculos escuros.


1) Por que precisamos usar óculos escuros?

Muito mais do que acessórios charmosos, os óculos escuros são indispensáveis para ajudar a preservar a saúde da nossa vista.

A razão principal é que eles protegem nossos órgãos visuais contra os efeitos nocivos dos raios ultravioletas – UV.

Sem esse cuidado no dia a dia, é possível desenvolvermos ao longo do tempo uma série de doenças oftalmológicas, algumas graves a ponto de levar à cegueira.

Além disso, eles também funcionam como um anteparo, evitando que vento, poeira e detritos atinjam nossos olhos.


2) Óculos escuros são apenas para dias de sol?

Não. Você deve usá-los diariamente, de preferência das 10h às 16h.

Vale lembrar que, mesmo quando está nublado, os raios de sol têm a capacidade de atravessar as nuvens. E que, com óculos, seus olhos também estarão protegidos contra o vento e a poluição.


3) Que doenças oculares podem ser prevenidas com o uso adequado dos óculos escuros?

Quando você usa adequadamente óculos escuros no dia a dia, é possível prevenir doenças e problemas oculares, como:

· pterígio (membrana que cresce no olho)

· catarata

· lesões na retina

· deformação na superfície da córnea

  • inflamação nos olhos

  • síndrome do olho seco

  • alguns tipos de câncer de olho

  • vista cansada

  • fotofobia

  • degeneração macular relacionada à idade (DMRI)

  • conjuntivite

Lembrando que alguns desses quadros podem levar à cegueira.


4) Óculos escuros ajudam a prevenir o câncer de pele?

Sim, eles ajudam a prevenir o câncer de pele na região em volta dos olhos.

Mas, para isso, além das lentes adequadas, a armação deve se encaixar perfeitamente no rosto e impedir a entrada de luz pelas laterais.

Um ganho extra dessa proteção é estético: ela também colabora para reduzir o surgimento de rugas e linhas de expressão.


5) Como escolher seus óculos escuros?

A primeira preocupação é se os óculos realmente têm uma tecnologia eficiente contra os raios UV (é importante que eles filtrem entre 99 e 100% desses raios).

Ao comprar o seu, exija essa garantia.

Outras questões fundamentais são:

· se a origem é confiável

· se as lentes estão ok, ou seja, sem irregularidades e sem provocar distorções de imagens


6) Como ter certeza de que seus óculos oferecem a proteção necessária contra os raios UV?

Não se engane: o tom das lentes, por mais escuro que seja, não é garantia de nada. Nem mesmo o preço que você pagou atesta qualidade.

Se você não está 100% tranquilo em relação à credibilidade do fabricante, leve os seus óculos para serem avaliados em uma ótica da sua confiança. Por meio de um medidor de luz UV, será possível ter certeza do quanto seus olhos estão resguardados ou não.


7) Crianças podem usar óculos escuros?

Sim. Podem e devem. Desde que os acessórios sejam de qualidade.

Tirando casos, como o da conjuntivite (provocada por vírus e bactérias ou por reações alérgicas a poluentes, por exemplo), é justamente o somatório de dias sem essa proteção que acaba levando à série de doenças oftalmológicas comentadas no item 3.

Ou seja, quanto antes adquirirmos esse hábito de sair com óculos escuros, melhor.


8) O que fazer se os seus óculos escuros não têm a qualidade mínima necessária?

Sem qualquer dúvida, desfaça-se deles. É mais prejudicial estar com óculos de sol sem qualidade do que não usar nada.

Isso porque, no escuro, as pupilas se dilatam para que a gente enxergue melhor. Ou seja, com esse acessório inadequado, nossos olhos ficam ainda mais expostos e sem a proteção necessária contra as radiações solares.


Ainda ficou alguma dúvida sobre óculos escuros?

Desejamos que este artigo tenha sido útil para você.

Se ainda ficou qualquer dúvida sobre o tema, deixe sua pergunta aqui nos comentários. Nossos especialistas terão prazer em orientá-lo.

Aproveite também para compartilhar esse conteúdo com seus amigos e parentes. Quanto mais mitos desfeitos sobre óculos escuros, mais saúde oftalmológica para todos.

0 visualização0 comentário