• Sergio Benchimol

Cirurgia Refrativa

A cirurgia refrativa serve para corrigir erros de refração, que são os problemas de visão mais comuns como a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo. A cirurgia refrativa atual é moderna, executada por um sistema a laser, corrigindo a visão de modo seguro e o procedimento é feito apenas com anestesia local, através de colírio, e a sua duração ocorre em poucos minutos.


Acompanhe neste blog da Clínica Benchimol, considerada por muitos como a melhor clínica de olhos do Rio, para entender melhor.

Para quem é indicada?

Para pessoas acima de 20 anos, e/ou que já tenham estabilizado as alterações do grau dos óculos. Essa cirurgia corrige problemas como miopia, hipermetropia e astigmatismo, dando uma maior liberdade para quem não deseja mais usar óculos ou lentes de contato.

A cirurgia não é dolorosa, pois os olhos são anestesiados através de colírios. Pode haver desconforto no pós-operatório, dependendo da técnica realizada.

As 3 técnicas para realizar a cirurgia de refração

  • Lasik (convencional)

Nessa técnica é realizado um corte bem pequeno na córnea, através de uma lâmina acoplada a um aparelho chamado Microcerátomo. Após esse corte, o flap é aberto para a utilização do laser. Após esse processo, o flap é fechado novamente.


  • iLasik (moderna)

O processo é parecido com o anterior, também realizando um corte na córnea, mas com um laser de femtossegundo.


  • PRK (sem corte)

Ao invés da abertura do flap, é feita uma raspagem das camadas superficiais da córnea. Após essa raspagem, o laser já pode ser utilizado. Após esse procedimento, o médico pode aplicar uma medicação chamada mitomicina, se necessário. Como a córnea foi raspada, é colocada uma lente de contato gelatinosa, que o paciente usará até 10 dias, para proteger o olho e diminuir a dor do pós-operatório.


Quais são os riscos dessa cirurgia?

Os riscos são pequenos, pois antes da realização da cirurgia é feito todo um acompanhamento pelo médico, que faz avaliações e exames bem detalhados de cada caso, mostrando o prognóstico, diagnóstico e possíveis contraindicações.


Quanto tempo dura a cirurgia?

Todo o procedimento tem duração média de 10 minutos para cada olho. O paciente já pode voltar às atividades dentro de 3 dias após a operação.


Pós-operatório:

Os olhos costumam ficar sensíveis à luz e causam alguns desconfortos. É indicado o uso de óculos escuros para amenizar esses incômodos. Os sintomas dependem de cada paciente, mas, normalmente, não existe nenhum efeito colateral.



A Clínica de olhos Benchimol foi a primeira a criar um centro cirúrgico exclusivo para oftalmologia fora de um hospital, em 1988. Pioneira também na anestesia tópica, sem injeções, em 1993.

Setenta anos de existência com 3 gerações, numa das maiores famílias de oftalmologistas (atualmente somos nove).

Excelentes resultados e reconhecimento, demonstrados carinhosamente, através de cartas e depoimentos de nossos pacientes e colegas médicos.


Venha nos conhecer. Marque sua consulta hoje mesmo!


11 visualizações0 comentário