• Sergio Benchimol

Daltonismo

É uma anomalia visual que interfere na diferenciação das cores.


Em condições normais, o ser humano enxerga as cores vermelha, verde e azul e suas demais combinações.


Para o daltônico, essas cores são alteradas ou estão ausentes.


Geralmente, em cerca de 80% dos casos, os tons mais difíceis de serem distinguidos pelos daltônicos são o verde e vermelho e suas nuances.


Não tão comum, há pessoas daltônicas que também enfrentam dificuldades com o azul e o amarelo.


E mais raramente, algumas que enxergam apenas em tons de preto, branco e cinza, classificada em visão monocromática.

Quase sempre a causa do daltonismo é genética, o que faz dele também hereditário, e está relacionada com uma disfunção cromossômica.

Não há cura para o daltonismo, porém existe lentes com filtro de cor que podem aliviar um pouco a percepção dos daltônicos. Esses acessórios não funcionam para todos os casos e somente devem ser usados com prescrição médica. Mas mesmo sem eles, nada impede de os daltônicos levarem uma vida normal.

Podem inclusive dirigir e trabalhar como motoristas, só precisam dominar a posição das luzes do semáforo e os sinais de trânsito.

O daltonismo também não causa danos à saúde e nem se agrava com o tempo.

Ver bem é viver bem

Sua Visão é tudo para nós.





3 visualizações0 comentário