• Sergio Benchimol

Hipermetropia


Hipermetropia – o que é, quais as causas e os sintomas, como corrigir o problema?


A hipermetropia é um erro de refração caracterizado pela dificuldade de enxergar bem de perto.

Segundo dados de 2019 do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), o distúrbio atinge cerca de 34% da população aqui no país.

Apesar de impactar a vida de tanta gente, o tema ainda provoca uma série de dúvidas.

· Algumas pessoas confundem hipermetropia com presbiopia (vista cansada que também compromete a visão nítida dos objetos próximos).

· Muitos perguntam qual o melhor tratamento.

· E é normal que os pacientes se surpreendam quando descobrem que todos nascemos com 20º de hipermetropia (que vai regredindo até normalizar).

· Ou que os hipermétropes com grau acima de 3 podem ter problema para enxergar de longe também.

Para esclarecer essas e outras questões, a Clínica Benchimol resolveu escrever este artigo. Continue lendo e saiba: o que é, quais as causas, os sintomas e como corrigir o problema.


Hipermetropia: para entender por que acontece, alguns detalhes sobre os nossos olhos


Nossos olhos têm duas lentes: a córnea e o cristalino.

A córnea é uma membrana transparente, bem fina, que fica na frente do nosso globo ocular. Já o cristalino é uma lente transparente biconvexa localizada logo depois da pupila.

Como lentes, as duas são responsáveis por convergir os raios de luz que partem dos objetos e chegam aos nossos olhos.

Para quem não tem qualquer comprometimento, essas informações visuais atingem exatamente a retina.

É lá que as imagens são formadas e depois transmitidas ao cérebro (que é onde a visão é realmente processada).

Para quem tem hipermetropia, esse ponto para onde os raios de luz convergem é atrás da retina.


Hipermetropia – o que é e por que acontece?


A hipermetropia é esse erro refrativo que acontece quando as imagens são formadas atrás da retina.

Ela é típica de quem tem olhos pequenos.

É por isso que, como comentamos acima, é normal que os bebês nasçam com 20º desse distúrbio visual. E, conforme crescem, o problema vai naturalmente sendo resolvido.


Hipermetropia – quais as causas?


Tirando o caso das crianças pequenas, que têm temporariamente o problema, as causas são hereditárias.

Ou seja, algumas pessoas, por questões genéticas, têm o globo ocular mais achatado, a córnea mais plana ou uma alteração no cristalino. É uma questão da anatomia do olho.


Hipermetropia – quais os sintomas?


Como a característica do quadro é enxergar mal de perto, o primeiro sintoma é que a visão fica embaçada quando você foca objetos próximos.

É muito fácil perceber isso, por exemplo, na hora da leitura.

Mas também existem outros sinais.

Muitos deles acontecem por conta da capacidade de acomodação: nossos olhos e nosso cérebro tentam compensar o problema, trabalhando para enxergar com nitidez. E acabam provocando:

· Leve dor ou ardência em volta dos olhos.

· Dor de cabeça frequente ou logo depois de passar muito tempo em atividades que exigem grande atenção.

· Olhos lacrimejantes.

· Excesso de piscadas.

· Vontade de ficar esfregando a região ocular.

· Náuseas.


Qual a diferença entre hipermetropia e presbiopia?


Tanto num quanto como no outro a pessoa tem dificuldade de enxergar de perto.

Mas enquanto a hipermetropia é hereditária, a presbiopia acontece com todo mundo, em geral, com mais de 40 anos. Tanto que ela também é chamada de vista cansada.


Hipermetropia – qual o melhor tratamento?


Para saber qual o melhor tratamento para você, o ideal é consultar o seu oftalmologista. Isso vai depender de alguns fatores, como o seu grau.

Mas podemos adiantar as possíveis soluções para corrigir o problema.

Em geral são recomendados:

· Óculos

· Lentes de contato esféricas

· Colocação de lentes intraoculares (um procedimento em que a lente é implantada no olho)

· Lasik, que é uma cirurgia a laser – rápida e sem dor – com a intenção de polir a córnea e resolver o erro de refração

Para saber mais, entre em contato com a Clínica Benchimol ou deixe o seu comentário nesta página. Teremos prazer em esclarecer suas dúvidas.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo