• Sergio Benchimol

Verão X Conjuntivite

Conjuntivite é a doença mais frequente no verão.


Olhos vermelhos, coceira, lacrimejamento, sensação de corpo estranho, ardência, fotofobia, visão embaçada e secreção nos olhos são os sintomas. A secreção varia conforme o tipo de conjuntivite: viral, bacteriana e alérgica.


Viral: É o tipo mais comum de conjuntivite e altamente contagiosa, caracterizada por uma secreção viscosa e transparente, tem nas aglomerações e contato das mãos com superfícies contaminadas os maiores fatores de risco. Para reduzir o desconforto nos olhos a dica é usar óculos escuros que também ajudam a diminuir a proliferação do vírus, tomar bastante água e aplicar compressas frias ao primeiro desconforto. Não desaparecendo em dois dias é necessário consultar um oftalmologista. O tratamento, geralmente, é feito com colírio anti-inflamatório que só deve ser usado sob prescrição e acompanhamento médico.


Bacteriana: É caracterizada por uma secreção amarelada e purulenta. Uma causa frequente no verão, é o contato do olho com água contaminada de piscina, praia ou jacuzzis. Recomenda-se o uso de óculos de natação para interromper a contaminação. O tratamento da conjuntivite bacteriana é feito com colírio antibiótico que só pode ser adquirido com receita médica.


Alérgica: É caracterizada por coceira ou ardência mais intensa nos olhos e tem uma secreção aquosa. No verão, o excesso de filtro solar ao redor dos olhos responde por 46% dos casos. Isso porque nos banhos de sol o suor facilita a penetração do produto nos olhos. Quando qualquer produto penetra nos olhos recomenda lavar abundantemente e fazer compressas frias. Caso o desconforto não desapareça é necessário consultar um oftalmologista. Neste caso, o tratamento é feito com colírio antialérgico.


As principais recomendações para prevenir a conjuntivite são: Lavar as mãos com água e sabão frequentemente; Usar óculos escuros nas atividades externas; Não levar as mãos aos olhos; Fazer compressas frias se a secreção for aquosa ou viscosa e morna se for purulenta; Evitar excesso de filtro solar e cosméticos na região dos olhos; Beber bastante água. (Fonte: Portal da Oftalmologia)

Ver bem é viver bem. Sua Visão é tudo para nós!




2 visualizações0 comentário